sexta-feira, 19 de novembro de 2010

COMBATE À DENGUE

Modelo de combate a Dengue poderá ser implantado em Rio Preto
Divulgação


O projeto Crotalária desenvolvido pela Assessoria de Saúde de Monte Aprazível começa a despertar interesse de cidades da região devido ao grande surto de Dengue neste início de ano. Na manhã da última terça-feira o administrador do Viveiro Municipal de São José do Rio Preto Anderson Bessa esteve na cidade para conhecer o projeto que é desenvolvido na cidade desde outubro do ano passado

De acordo com Anderson, o viveiro é ligado a Secretaria da Agricultura de Rio Preto e caso o município comece a desenvolver o projeto, será a maneira da pasta de apoiar a Secretaria da Saúde no combate a dengue na sua cidade.

“Estamos buscando novas medidas para apoiar a saúde de nossa cidade, através do controle biológico que a Crotalária pode fazer. Vamos apresentar o exemplo de Monte Aprazível e se ele for aceito, iniciaremos o plantio para distribuirmos mudas pela cidade”, destaca Anderson.

Acompanhado da assessora de Saúde Claudia Maset, o chefe da Equipe de Controle de Vetores Gilberto Lemos e da coordenadora do IEC (Informação Educação e Comunicação), Elisa de Carvalho, Anderson visitou algumas casas e locais da cidade onde a Crotalária já esta plantada, grande e florida.

Para assessora de Saúde Claudia Maset, esta é uma maneira de ajudar os municípios da região a combater a dengue já que algumas cidades estão passando por uma situação complicada neste início de ano.

“O projeto implantado no ano passado tem apresentado até agora bons resultados. Este ano registramos somente um caso importado de Dengue. Já os casos suspeitos são de pessoas que estiveram em cidades com centenas de casos positivos registrados e boa parte de nossa população fica em Rio Preto, a trabalho ou a passeio. Ajudando as cidades no combate a Dengue estaremos protegendo nossos moradores. Nos colocamos a disposição das cidades que queiram implantar o projeto”, ressalta Claudia.

Após a implantação do projeto, várias cidades de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo ligaram para ter mais informações sobre o projeto.

O administrador do Viveiro de Rio Preto levou um panfleto do projeto aprazivelense e algumas sementes da planta para apresentar em uma reunião entre os secretários de Agricultura e Saúde.

Mais

Desde outubro do ano passado a Assessoria de Saúde conta com o projeto o Plante uma Crotalária. As sementes da planta foram distribuídas na cidade e nos distritos para que a população tenha em casa mais uma arma para combater a Dengue.

De acordo pesquisas, ainda não comprovadas cientificamente, a Crotalária atrai as Libélulas, que são predadores naturais do Aedes, transmissor da Dengue e Febre Amarela.

Com o plantio da Crotalária em terrenos baldios, quintais, jardins, vasos e inclusive nas margens dos rios, ela atrai a Libélula que põe seus ovos em água parada e limpa, da mesma maneira que o Aedes.

Os ovos nascem, viram larvas e essas larvas se alimentam de outras larvas, inclusive do mosquito transmissor da Dengue. Além de tudo isso, a Libélula adulta se alimenta de pequenos insetos e o Aedes aegypti faz parte do seu cardápio, o que pode diminuir a manifestação.

O principal uso das Crotalárias é na adubação verde e cobertura do solo por serem plantas pouco exigentes e com grande potencial de fixação biológica de nitrogênio. O seu crescimento é mais rápido e tem sido muito usada como adubo verde em rotação com diversas culturas e no enriquecimento do solo.

As Crotalárias são plantas rústicas que crescem bem em solos secos, arenosos, cascalhentos e mesmo em áreas arenosas de região costeira. No Brasil, ocorrem naturalmente em beira de estradas.


http://www.monteaprazivel.com/

Um comentário:

Ministério disse...

Evitar a proliferação da dengue depende de cada um de nós. Além de cuidar da sua casa, falar com seus vizinhos, manter contato com sua prefeitura sobre focos da doença, você pode utilizar esse espaço para conscientização.
Seja parceiro do Ministério da Saúde na mobilização contra o mosquito da Dengue. Divulgue em seu blog nosso material. Entre em contato com comunicacao@saude.gov.br e solicite o selo, participe da campanha.
Saiba mais: http://bit.ly/bMMVKT